BRUNO BRINDISI

BRUNO BRINDISI

BRUNO BRINDISI

BRUNO BRINDISI nasceu em Salerno, e fez seu debut na publicação amadora Truemoon. Mais tarde começou a desenhar quadrinhos eróticos para as Editoras Blue Press e Ediperiodici.

Em 1991 ele se juntou ao staff regular da série de horror Dylan Dog, também publicado pela Editora Sergio Bonelli, estreando na edição nº 51, intitulada “Il male”. Ainda pela Bonelli Brindisi também desenhou histórias dos Personagens Nick Raider e uma edição especial do maior personagem da Bonelli, Tex Willer, em 2002, escrita por Claudio Nizzi. Futuramente, Brindisi foi escolhido para ter o privilégio de ser o artista que desenhou a edição de nº 200 do personagem Dylan Dog, além de desenhar a edição comemorativa de 20 anos do personagem. Em novembro de 2014, Brindisi já havia desenhado um total de 39 histórias de Dylan Dog, incluindo as séries regulares e especiais.

Em maio de 2005 teve a honra de desenhar o primeiro volume da série Brad Barron, obra do autor Tito Faraci, com capa ilustrada pelo artista Fabio Celoni.

Em 2005 e 2006 ele também desenhou dois álbuns para a série francesa Novikov, com história de Patrick Weber.

Em 2012 ele desenhou para a editora Astorina o quadrinho intitulado “Il segredo di Diabolik”. Em dezembro do mesmo ano, novamente para a Bonelli, ele desenhou o one-shot “La rivolta dei Sepoy”, escrita por Giuseppe De Nardo para a série de publicações Le storie.

Em 2013 ele se tornou o artista de capa fixo para a publicação “Dylan Dog – Collezione storica a colori”, uma série que está republicando as histórias de Dylan Dog coloridas.

× Whatsapp